Ilustração Portugueza, nº472, 1915 - 2

Carregar na imagem para ver em tamanho 994 x 1500.

A crónica de Júlio Dantas, ilustrada por Manuel Gustavo Bordalo Pinheiro.

No país, sucedem-se os atentados políticos; a crítica à moda feminina; a Alemanha bloqueia a Inglaterra; e Antero de Figueiredo publica a 2ª edição da novela “Doida de Amor”.

“Pergunta-me o que penso da moda atual. As modas são como as mulheres, minha querida amiga: Já se disse d’elas todo o mal que havia a dizer. Como Gabriella Dorziat, a ilustre atriz franceza do ‘the right dress in the right place’, julgo que a moda atual é ‘garçonnière’ de mais; que, quando se decide a ser feminina, o é com um paroxismo doentio e uma impertinência visinha da impudência; que os vestidos modernos, exiguos, sucintos, levissimos, quasi imateriaes, vestidos que se fazem com 0,75 de estofo e cabem dentro de um regalo, constituem, em materia de pudor, um diminuitivo muitíssimo interessante quando se observa na mulher dos outros.”

Ilustração Portugueza, nº472, 1915 - 3

Carregar na imagem para ver em tamanho 994 x 1500.

“Carta de Longe”, conto de guerra por João Grave, ilustrado por Hipólito Colomb.

Modas e Bordados, No. 1617, February 1943 - 20

Carregar na imagem para ver em tamanho 1011 x 1470. Via T. Dias que Voam.

Sugestões de bordados em crochet. Continuação de “Ilusões Desfeitas”, pela Baronesa X.

Modas e Bordados, No. 1617, February 1943 - 21

Carregar na imagem para ver em tamanho 984 x 1472.

Conselhos de beleza às leitoras. Continuação de “Ilusões Desfeitas”, pela Baronesa X. Publicidade ao Glycol para a pele, aos cursos de corte e costura Madame Hortense Resende, e à Confeitaria Nerita.

Modas e Bordados, No. 1617, February 1943 - 21b

Modas e Bordados, No. 1617, February 1943 - 21a

Lady, Nº 5, Fevereiro 1957 - 14

Carregar na imagem para ver em tamanho 913 x 1300.

A reportagem “Um dia é da caça, outro do caçador”.

Lady, Nº 5, Fevereiro 1957 - 15

Carregar na imagem para ver em tamanho 905 x 1300.

“Na imensa noite”, conto de Mário da Silva Brito, ilustrado por Manoel Victor.

“- Já é hora de ir para a cama.

Sòmente êle, entre todos, não desejava o repouso, porque o sabia impossível. Agora, teria de render-se, entregar-se impotente. De nada adintaria a protelação de minutos, porque as luzes se apagariam nos lampiões, uma a uma, dali a pouco. E viria então o silêncio, e no silêncio o terror, aquilo. Caíria, junto com os demais, na escuridão, na noite imensa, calma para os outros, mas para êle repleta de ruídos, de perigos, de alucinações, de fantasmas, noite misteriosa e odiada.”

Modas e Bordados, No. 1617, February 1943 - 18

Carregar na imagem para ver em tamanho 999 x 1485. Via T, Dias que Voam.

Publicidade a amostras de renda.

Modas e Bordados, No. 1617, February 1943 - 19

Carregar na imagem para ver em tamanho 909 x 1300.

Publicidade à retrosaria Gonçalves; à Grande Casa de Moda do Chiado; às Pastilhas Kissinga de Boxberger para emagrecer; à tinta para o cabelo Luetinol; ao instituto de corte Ilda Nunes; à casa de peles Chinchila; ao Século Ilustrado; ao esmalte Carson’s; e ao creme para as mãos Cleo.

Modas e Bordados, No. 1617, February 1943 - 19c

Modas e Bordados, No. 1617, February 1943 - 19b

Carregar na imagem para ver em tamanho 979 x 540.

Modas e Bordados, No. 1617, February 1943 - 19a

Modas e Bordados, No. 1617, February 1943 - 16

Carregar na imagem para ver em tamanho 980 x 1472. Via T, Dias que Voam.

Publicidade aos produtos de beleza Radiaze; à Princesa das Meias; às tintas para tingir roupa Jiffy; à casa de tapetes Quintão; e ao cabeleireiro Salão Anita.

Modas e Bordados, No. 1617, February 1943 - 16d

Modas e Bordados, No. 1617, February 1943 - 16c

Modas e Bordados, No. 1617, February 1943 - 17

Carregar na imagem para ver em tamanho 1002 x 1466.

A correspondência com os leitores pelo astrólogo Dr. Ottoni.

Publicidade à Rouparia Elegante; às roupas interiores Zinia; e ao Vitalose, substituto do leite materno.

Modas e Bordados, No. 1617, February 1943 - 17a