Ilustração Portugueza, Nº 279, 26 Junho 1911 – 32

Ilustração Portugueza, Nº 279, 26 Junho 1911 - 32

Carregar na imagem para ver em tamanho 1259 x 1916. Revista amavelmente cedida por Margarida Marques.

Artigo de Domingos Ferreira sobre o mercado semanal de Barcelos.

Nas imagens: vendedoras ambulantes; um casal; e uma vendedora persigna-se ao meio-dia.

Carregar na imagem para ver em tamanho 633 x 877.

Ilustração Portugueza, Nº 279, 26 Junho 1911 - 32a

“Á entrada, enormes faixas negras esvoaçam. Sobre o improvisado balcão, cotins, fitas rajadas, botões, meias de lã e rosarios colleantes.

Lenços d’Alcobaça, de côres berrantes, gargalham alacremente ao fundo da lojeca. O algigebe, um velhinho de intensa cabelleira, irrompe d’entre roupas incolores. Pendente de enferrujados pregos os fatos. Fraks, jaquetões, e até um smoking, já em fio, espera alma caridosa que os comprem.

A um lado, sósinho, um par de sapatos á Luiz XV – torto nos tacões – que talvez, quando novos, acariciassem voluptuosamente as plantas d’alguma irrequieta Julieta. Alinhados á flôr do chão, os cestos de sanguinho – typicos, oitavados – aguçam o appetite do transeunte com o pão pôdre das Necessidades.

Ourivesarias ambulantes, prendem os olhares cubiçosos das cachopas com os cordões, trancelins e arrecadas d’ouro.

O povoleu attende um charlatão loquaz que empoleirado, enaltece a efficacia d’um novo elixir.”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: