Arquivo

Monthly Archives: Junho 2016

Panorama, No. 22, 1944 - 20

Carregar na imagem para ver em tamanho 1000 x 1376.

Publicidade ao óleo para motor Socony da Vacuum Oil Company.

Panorama, No. 22, 1944 - 21

Carregar na imagem para ver em tamanho 1000 x 1449.

A ficha técnica.

Anúncios

Modas e Bordados, No. 3187, 7 Março 1973 - 8

Carregar na imagem para ver em tamanho 800 x 1091.

Artigo sobre Xantipa, mulher de Sócrates.

Modas e Bordados, No. 3187, 7 Março 1973 - 8a

“Não temos outro remédio senão desmentir – com o devido respeito – o que nos afirmaram muitos professores e tratados sobre a história da Grécia antiga. Parece, afinal, que vários dos seus famosos filósofos não eram tão sábios – nem sequer de tão sólida estrutura moral – como se disse, isto é, bem pregavam e bem ensinavam, mas não procediam de acordo… Sócrates, inclusivamente, teria sido um grande ‘borrachão’ e a sua mulher Xantipa com muitas razões para se indignar contra ele!”

Modas e Bordados, No. 3187, 7 Março 1973 - 9

Carregar na imagem para ver em tamanho 800 x 1085.

Entrevista à actriz francesa Annie Girardot, que era a protagonista do filme “Les Feux de la Chandeleur”, onde fazia de pistoleira.

Modas e Bordados, No. 3187, 7 Março 1973 - 6

Carregar na imagem para ver em tamanho 800 x 1088.

Um protesto feminista contra a exploração sexual das mulheres, em Londres, em frente ao parlamento britânico (na foto, a cantora Georgia Brown discursa).

O realizador italiano Antonionni é homenageado pela Radio Televisão Italiana, para quem este fez o seu primeiro tele-filme (na imagem, Soraya).

Uma exposição austríaca sobre os vikings, em Estocolmo (na imagem, uma espada e capacete do povo nórdico).

Modas e Bordados, No. 3187, 7 Março 1973 - 7

Carregar na imagem para ver em tamanho 800 x 1085.

Publicidade à enciclopédia semanal de trabalhos manuais femininos “Mãos Maravilhosas”, da Livraria Bertrand.

Modas e Bordados, No. 3187, 7 Março 1973 - 4

Carregar na imagem para ver em tamanho 800 x 1088.

A mulher e a lei, pela dra. Laura Lopes, desta vez sobre a transmissão de bens.

“Carolina Beatriz Angelo não foi advogada mas sim médica, uma das primeiras médicas portuguesas. Em 1911, aquando dumas eleições, após a implantação da República em 5 de Outubro de 1910, apareceu na Assembleia de voto respectiva com o seu voto na mão para votar como qualquer cidadão. Perante o espanto de todos os presentes (unicamente homens) ela permaneceu calma e determinante. Porém, proibiram-na de votar por ser mulher.

Não se conformando com a atitude daquela assembleia, pôs uma acção em tribunal com o fundamento de que a lei então vigente não proibia as mulheres de serem eleitores e portanto requeria que lhe fosse reconhecido esse direito, assim como a todas as mulheres.

E ganhou a acção; o tribunal reconheceu-lhe esse direito.”

Modas e Bordados, No. 3187, 7 Março 1973 - 5

Carregar na imagem para ver em tamanho 800 x 1085.

O M. L. F. (Movimento de Libertação das Mulheres Francesas) dá uma festa no Palácio da Mutualidade em Paris, com o aborto como tema.

O casamento do cantor Ringo Willy Cat (na imagem, a noiva, Sheila, conversa com o cançonetista Claude François).

O Teatro do Silêncio une-se ao Teatro da Esperança e cria a coreografia “Passo de Dois”, fusão de dança, cinema e teatro experimental (na imagem, os bailarinos Jacques Garnier e Brigitte Lefèvre).