Ilustração, No. 120, Natal, Dezembro 16 1930 – 49

Ilustração, No. 120, Natal, Dezembro 16 1930 - 49

Carregar na imagem para ver em tamanho 1084 x 1508.

“O poeta, o Menino Jesus e a gabardine, páginas de um livro de memórias”, por Castelo de Morais, ilustrado por Rocha Vieira.

“Pela calçada do Carmo, voei! O ágape ía ser lá em baixo, em um restaurante meu conhecido onde o paladar das viandas era gémeo do meu gôsto. Entrada a porta, tomei à esquerda um gabinete vago onde, sôbre a toalha branca, havia um solitário esguio com verdura fininha e cravos pobres. Abanquei. Veiu o talher. O copo e a garrafa de Colares tomaram posição favorável e, por fim, a canja de perú rescendeu na minha frente. O âmbito do gabinete encheu-se de fumos gulosos. Uma paz divina, uma quietude de Nirvana pairou sôbre mim como uma benção.”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: