Ilustração Portugueza, No. 465, Janeiro 18 1915 – 32, 33

Ilustração Portugueza, No. 465, January 18 1915 - 32

Carregar na imagem para ver em tamanho 1530 x 2329.

A crítica teatral, foto Benoliel da peça “Sopa de Mel”, com cenografia de Mergulhão.

No Teatro Ginásio passava a comédia “A Sopa no Mel” (Ma Tante d’Honfleur), de Paul Gavault, tradução de Melo Barreto; e no teatro Apolo, o drama “A Águia Negra”, de Ernesto Rodrigues, Félix Bermudes e João Bastos.

“A Aguia Negra é um drama popular, escrito para o povo – e, portanto com todas as ingenuas sinceridades com que é preciso escrever para uma plateia ruidosa e com o coração ao pé da boca. E a prova é que o publico, todas as noites, se comove e grita, durante o desenrolar das peripecias que as seguras qualidades teatraes dos tres autores de tantas vitoriosas peças de graça ligeira, maquinaram e combinaram, com muita felicidade, n’esta peça de violentas comoções. Dizem-me que, na primeira noite, houve um espectador que, em dada altura, indignado e tremulo, injuriou em voz alta a maternidade da personagem do tirano da peça. Estava comovido.”

Ilustração Portugueza, No. 465, January 18 1915 - 33

Carregar na imagem para ver em tamanho 858 x 1329.

Publicidade ao Pó de Abyssinia Exibard para a asma; à Perfumaria Balsemão; ao sabonete Vizela; aos selos Poulain Frères; à esteticista Madame Viegas; ao Almanaque Ilustrado do Século; e à tipografia do Século.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: