Arquivo

Tag Archives: Benoliel

Ilustração Portugueza, nº472, 1915 - 10

Carregar na imagem para ver em tamanho 992 x 1500.

Foto-reportagem Benoliel sobre um casamento judaico.

Ilustração Portugueza, nº472, 1915 - 11

Carregar na imagem para ver em tamanho 992 x 1500.

Artigo sobre as inovações no ballet russo. Nas imagens, os bailarinos Vera Fokina e Thamar Karsavina.

“Já não lhe satisfaz a dança de feição mais ou menos hieratica, nem os bailes populares, nem os bailados que aliviam os quadros mais pungentes das operas. Toda a sua atenção converge para a dança-drama, cujo genero se está expandindo extraordinariamente.

E, para isso, a Russia, comquanto se sirva muito das tradições do Caucasso e do Oriente, vae sobretudo beber ás copiosissimas e inexgotaveis fontes gregas.”

Anúncios

Ilustração Portugueza, nº472, 1915 - 8

Carregar na imagem para ver em tamanho 996 x 1500.

Foto-reportagem Benoliel.

“Como o governo impedisse pela força armada a reunião do parlamento no seu palácio, marcada para o dia 4, alegando que as suas funções haviam caducado, o congresso reuniu, no mesmo dia, em maioria no Paço da Mitra a Santo Antão do Tojal, convertido em escola primaria, resolvendo negar validade a todos os atos ditatoriaes do governo.”

Ilustração Portugueza, nº472, 1915 - 9

Carregar na imagem para ver em tamanho 992 x 1500.

“Prece de Mãe”, poema de guerra dedicado às mães portuguesas, por Alfredo Portugal, ilustrado por Stuart de Carvalhais.

Ilustração Portugueza, nº472, 1915 - 6

Carregar na imagem para ver em tamanho 994 x 1500.

Foto-reportagem Benoliel. O governo reestabelece o direito ao voto dos oficiais do exército e da armada. Nas imagens, oficiais de terra e mar numa manifestação de agradecimento ao governo.

Ilustração Portugueza, nº472, 1915 - 7

Carregar na imagem para ver em tamanho 988 x 1500.

No obituário dá-se especial destaque ao assassínio do deputado pelo Porto, Henrique dos Santos Cardoso.

A actriz Leonor Faria, da companhia do Teatro de S. Carlos. Manuel Alves, soldado voluntário no exército francês. O fotógrafo do Porto, António Beleza.

Exercícios do pelotão de estafetas da Sociedade Militar Preparatória nº 1.

Ilustração Portugueza, No. 470, February 22 1915 - 31

Carregar na imagem para ver em tamanho 1540 x 2294.

O obituário, com destaque para a morte do actor João Gil.

Nas novidades literárias, António de Oliveira publica a peça-poema “Paz Bendita”, sobre a guerra na Europa, que foi levada à cena em Bragança numa récita em benefício da Cruz Vermelha; e Mota Cabral prepara um novo livro de versos, “Poentes de Ideal”.

O casamento de Ester Gil Duarte e João Vicente Sampaio, gravador da oficina de fotogravura da Ilustração Portuguesa (foto Benoliel).

Ilustração Portugueza, No. 470, February 22 1915 - 32

Carregar na imagem para ver em tamanho 1542 x 2309.

No teatro, passava “Amor à Antiga”, de Augusto de Castro, uma reprise no Teatro Nacional.

Nas ilustrações de Hipólito Colomb, os actores: Joaquim Costa, Albertina de Oliveira, Lucinda do Carmo, Augusto de Melo, e Inácio Peixoto.

Ilustração Portugueza, No. 470, February 22 1915 - 32b

Ilustração Portugueza, No. 470, February 22 1915 - 32a

Ilustração Portugueza, No. 470, February 22 1915 - 29

Carregar na imagem para ver em tamanho 1001 x 1500.

Artigo sobre a instituição de beneficência infantil Benfim Beneficente, na freguesia do Bonfim, no Porto.

Nas imagens: crianças que puderam tomar banho graças à instituição; a direcção do Bonfim.

Ilustração Portugueza, No. 470, February 22 1915 - 29a

Carregar na imagem para ver em tamanho 649 x 479.

Ilustração Portugueza, No. 470, February 22 1915 - 30

Carregar na imagem para ver em tamanho 1540 x 2305.

Dá-se a recepção do presidente da República no Palácio de Catete, no dia de Ano Novo no Rio de Janeiro, com a comparência de diplomatas e membros do clero.

Foto Benoliel da visita dos alunos do Instituto Superior Técnico às oficinas do Século, onde foram recebidos pelo inspector João Pereira da Rosa.

Ilustração Portugueza, No. 470, February 22 1915 - 30a

Info-pub à casa de roupas Fonseca e Fonseca, vendo-se nas ovais os proprietários, Virgílio e Bernardino Rodrigues da Fonseca.

Ilustração Portugueza, No. 470, February 22 1915 - 13

Carregar na imagem para ver em tamanho 1530 x 2303.

Vai erguer-se um monumento a Camões em Paris.

Nas imagens, as maquetes que se distinguiram: o projecto que ganhou o 1º prémio, de António dos Anjos Teixeira; o 2º prémio, de Simões de Almeida sobrinho; e o 3º prémio, de Diogo de Macedo.

Em baixo, foto Benoliel do júri: Ventura Terra, Veloso Salgado, Fernando Vaz, Columbano Bordalo Pinheiro, Costa Couraça, Marques de Oliveira, João Barreira, José de Figueiredo, e Marques da Silva.

“A base do futuro monumento a Camões tem a configuração de uma lira, sobre a qual assenta uma ancora. No plano primario, destacando-se do blóco que constitue a coluna principal, encostado a uma rocha, vê-se a figura do poeta em atitude meditativa contemplando a amplidão do imenso mar.”

Ilustração Portugueza, No. 470, February 22 1915 - 14

Carregar na imagem para ver em tamanho 1531 x 2298.

A guerra contra os alemães em África, desta vez abordando a revolta no Congo.

Nas imagens: oficiais que fizeram parte da coluna do Congo (o governador do distrito, o capitão Genipro, o chefe do estado maior da coluna, o chefe dos serviços administrativos tenente Costa Alves, e o chefe dos serviços de saúde dr. Aires Lopes); e o tenente Costa Alves assistindo à autópsia de um boi.

Ilustração Portugueza, No. 470, February 22 1915 - 14a

Ilustração Portugueza, No. 470, February 22 1915 - 7

Carregar na imagem para ver em tamanho 1540 x 2307.

Foto-reportagem Benoliel – um concurso infantil de trajos de Carnaval, com direito a prémios, no Éden-Teatro, e um baile infantil no Ateneu Comercial.

Ilustração Portugueza, No. 470, February 22 1915 - 8

Carregar na imagem para ver em tamanho 1544 x 2302.

Fotos Benoliel e Vasques de concursos infantis de trajos de Carnaval: vencedores do baile do Centro Espanhol, e do baile infantil do Teatro Politeama.

Ilustração Portugueza, No. 470, February 22 1915 - 8a

Ilustração Portugueza, No. 470, February 22 1915 - 5

Carregar na imagem para ver em tamanho 856 x 1295.

“Ferido no Peito”, conto de Jorge de Abreu, ilustrado por Stuart de Carvalhais.

“Clarita, de pé, vestida requintadamente como para uma cerimonia, estendia sobre a meza uma toalha alvissima. Guy nem se demorou a fizar-lhe os vincos do rosto e n’eles descobrir o efeito da surpreza. Tomou-lhe delicadamente a cabeça, imprimiu um beijo na fronte e a sorrir, inebriado e feliz, perguntou, carinhoso, se ela adivinhára, em pancadinhas do coração, o seu regresso da frente da batalha.”

Ilustração Portugueza, No. 470, February 22 1915 - 6

Carregar na imagem para ver em tamanho 1542 x 2300.

Foto-reportagem Benoliel – um concurso infantil de trajos de Carnaval, com direito a prémios, no Éden-Teatro.

Ilustração Portugueza, No. 470, February 22 1915 - 6a

Ilustração Portugueza, No. 468, February 8 1915 - 8

Carregar na imagem para ver em tamanho 1524 x 2316.

A revista recebe uma carta de agradecimento do clínico Melo Breyner.

Nas imagens, uma reprodução da carta e a da capa nº 458, com a princesa italiana Yolanda de Saboya.

“Sua Majestade a Rainha Margarida de Itália a Quem tive a honra de mandar alguns exemplares da ‘Ilustração Portuguesa’ tendo no frontispício o retrato da Princeza Yolanda de Saboya encarrega-me de agradecer ao semanário português a gentil homenagem prestada à sua Augusta Neta.”

Ilustração Portugueza, No. 468, February 8 1915 - 8a

Carregar na imagem para ver em tamanho 622 x 1008.

Foto Benoliel dos membros do novo ministério, à saída do Palácio de Belém: o coronel de artilharia Goulart de Medeiros (ministro da Instrução); o vice-almirante Xavier de Brito (ministro da Marinha); o coronel de engenharia Gomes Teixeira (ministro do Interior); o coronel de engenharia Teófilo Trindade (ministro das Colónias); o general Pimenta de Castro (presidente, ministro da Guerra e interino dos Estrangeiros) Guilherme Moreira (ministro da Justiça); e o capitão de engenharia Herculano Galhardo (ministro das Finanças).

Ilustração Portugueza, No. 468, February 8 1915 - 9

Carregar na imagem para ver em tamanho 860 x 1314.

“Cantiga do Soldado”, poema de A. F. de Barros, ilustrado por Stuart de Carvalhais.

Ilustração Portugueza, No. 466, January 25 1915 - 32

Carregar na imagem para ver em tamanho 1539 x 2324.

A crítica do teatro: a comédia “O Senhor Brotonneau”, dos dramaturgos De Flers e Caillavet, no Teatro S. Carlos, com o actor Chaby Pinheiro; “O Coração Manda”, de Croisset, no Teatro Nacional, com Palmira Bastos. Nas imagens: os actores Carlos de Oliveira, Jesuina Saraiva, Palmira Bastos, e uma cena da peça “Águia Negra”, no Teatro Apolo, no Porto (foto Benoliel e ilustrações de Hipólito Colomb).

“‘O Coração Manda’, no Teatro Nacional

Há trinta anos ou mais que esta peça está feita. (…) quantas comedias e quantos dramas, Deus do Ceu!, tem dado esta literatura romanesca do orgulho amoroso e do triunfo lírico e inofensivo da inocencia e do desinteresse apaixonados! Em todas as peças, ha uma inevitavel ato passado na biblioteca da casa; inevitaveis duquezas; a inevitavel expulsão do secretario ou da dama de serviço; o inevitavel casamento que se preara na decima segunda cena do ultimo ato e que anda, como se diz das trovoadas, a acumular-se desde o 1º ato – que é quando chega o futuro amoroso pobre ou a amorosa orfã.”

Ilustração Portugueza, No. 466, January 25 1915 - 33

Carregar na imagem para ver em tamanho 1200 x 1818.

Publicidade ao Pó de Abyssinia Exibard para a asma; ao Século Cómico; à Perfumaria Balsemão; ao sabonete Vizela; à estéticista Madame Viegas; ao Almanaque Ilustrado do Século; e à tipografia do Século.