Arquivo

Mãos Dadas

Mãos Dadas, Nº 66, 1966

Carregar na imagem para ver em tamanho 794 x 1028.

Do livro Mocidade Portuguesa de Irene Flunser Pimentel, editora A Esfera dos Livros, 2007.

“Leitoras de Mãos Dadas! Daqui em diante, tereis à vossa disposição uma revista muito mais ampla, mais rica de conteúdo, mais de acordo com a multiplicidade dos vossos interesses que bem conhecemos através dos inquéritos realizados anteriormente.

Haverá, pois, uma revista única para todas as estudantes do liceu e escolas técnicas, revista que mantém o nome da sua irmã mais velha a Menina e Moça mas que é como que a fusão das duas até aqui existentes, Mãos Dadas e Menina e Moça.”

Anúncios

Mãos Dadas, Nº 1, Dezembro 1961 - capa

Carregar na imagem para ver em tamanho 772 x 1034.

Do livro Mocidade Portuguesa de Irene Flunser Pimentel, editora A Esfera dos Livros, 2007.

“Em Janeiro de 1961, ano em que a MPF também começou a editar, para as jovens adolescentes não escolarizadas de classes sociais mais baixas, a revista mensal De Mãos Dadas, dirigida por Aida Cardigas, a M&M* mudou de visual, ficando com um formato mais pequeno. Como sublinhou a própria directora da revista, esta ‘actualizou-se, modernizou-se conservando intacto o ideal formativo e cultural’ para se tornar numa ‘revista da rapariga portuguesa que não tem ainda o gosto estragado pelas leituras que não valem nada e que poderão deformar a sua mentalidade e sensibilidade’.”

* Menina e Moça.