Archive

Tag Archives: 1908

Illustração Portugueza, No. 133, September 7 1908 - 34

Carregar na imagem para ver em tamanho 888 x 1310.

Publicidade à agência de viagens Ernst George; à Companhia do Papel do Prado; à loção Dequeant; aos estofadores Gil Dias de Assunção, e ao Piperinol para os móveis; aos perfumes Floramye da L. T. Piver e Princia Violet; à água Castelo; à farinha láctea Nestlé; ao Petróleo Hahn para o cabelo; e à Livraria da Casa Andrade.

Illustração Portugueza, No. 133, September 7 1908 - 33

Carregar na imagem para ver em tamanho 879 x 1320.

“Chegado o encerramento dos trabalhos parlamentares da camara dos deputados n’este anno, os redactores de jornaes de Lisboa e correspondentes dos do Porto, que teem a seu cargo os extractos das sessões, quizeram dar ao presidente d’aquella camara, o sr. dr. Libanio Fialho Gomes, uma prova de sympathia e testemunho de agradecimento pela fórma por que sua ex.ª lhes facilitou sempre, com a maior gentileza, o cumprimento da sua tarefa e deveres profissionaes.

Para esse fim os chronistas parlamentares da camara, dos deputados offereceram ao distincto homem politico um almoço, para que foram tambem convidados e a que assistiram, os dois secretarios da camara srs. drs. João de Magalhães e Motta Veiga.”

Nas imagens: foto Vidal e Fonseca de Fialho Gomes, e foto Benoliel do almoço.

Illustração Portugueza, No. 133, September 7 1908 - 32

Carregar na imagem para ver em tamanho 863 x 1305.

“A Grande Excursão Venatória ao Gerês”, artigo sobre uma excursão científica, que contou com o apoio do rei D. Manuel, a fim de procurar uma espécie de cabra hispânica que se presumia extinta. Fotos de A. Rebello Valente, Biel, Joshua Benoliel, A. Mendes de Almeida, Roberto Mesquita, etc.

Nas imagens: foto Bobone do rei D. Manuel, e foto Roberto Mesquita da Ponte Feia.

“Temos bem o direito de nos desvanecer. Depois das nossas exposições artisticas, coroadas de tão brilhante successo todas; depois do notavel triumpho que representou o Raid hippico, a principio acolhido com tanto scepticismo descoroçoador; a actual excursão ao Gerez, com o seu duplo caracter sportivo e scientifico, vencendo tanta indifferença, não póde deixar de ser para nós um justificado motivo de orgulho.”

Illustração Portugueza, No. 133, September 7 1908 - 31

Carregar na imagem para ver em tamanho 869 x 1305.

“A Grande Excursão Venatória ao Gerês”, artigo sobre uma excursão científica, que contou com o apoio do rei D. Manuel, a fim de procurar uma espécie de cabra hispânica que se presumia extinta. Fotos de A. Rebello Valente, Biel, Joshua Benoliel, A. Mendes de Almeida, Roberto Mesquita, etc.

Na foto de A. Rebello Valente, a Ponte Feia.

“O capitulo erpetologico é, de resto, o mais bem estudado da fauna gereziana.

Não succede assim, por seu lado, com o capitulo da icthyologia, sendo bem escassas as noticias que temos a respeito dos peixes que vivem nos rios da serra. De resto, de toda a fauna aquatica do Gerez, comprehendendo os moluscos, os crustaceos, os vermes e os protozoarios, pode dizer-se sem qualquer sombra de exaggero que nada se sabe. É esse, por isso, o campo em que podem fazer-se mais interessantes descobertas. Nos invertebrados terrestres está, egualmente, tudo por estudar, havendo apenas algumas especies de coleopteros e de hemipteros classificados pelo fallecido professor Paulino de Oliveira.”

Illustração Portugueza, No. 133, September 7 1908 - 30

Carregar na imagem para ver em tamanho 869 x 1305.

“A Grande Excursão Venatória ao Gerês”, artigo sobre uma excursão científica, que contou com o apoio do rei D. Manuel, a fim de procurar uma espécie de cabra hispânica que se presumia extinta. Fotos de A. Rebello Valente, Biel, Joshua Benoliel, A. Mendes de Almeida, Roberto Mesquita, etc.

Na foto Benoliel, a taça oferecida pelo Suplemento Humorístico do Século.

“Pelo que respeita á fauna do Gerez, a situação é já, por sua vez, inteiramente diversa. Escasseiam as noticias sobre a população zoologica da serra, especialmente com relação a todas as classes dos Invertebrados.

Dos mammiferos são geralmente conhecidas as grandes especies; mas, da micro-mammologia da serra é que pouco ou quasi nada se sabe. Os morcegos, que sobem bastante alto nas nossas montanhas; os musaranhos, entre os quaes apparecem os mais pequenos mammiferos conhecidos, e que, por sua vez, não passam de limites marcados; os ratos, que, todos, tanto da familia Myoxidae, como da familia Muridae, não param em nenhuma altura; e os arvicolas, que são os vertebrados que se estabelecem mais alto na Europa, como já notou Fatio, não teem sido estudados.”

Illustração Portugueza, No. 133, September 7 1908 - 29

Carregar na imagem para ver em tamanho 889 x 1316.

“A Grande Excursão Venatória ao Gerês”, artigo sobre uma excursão científica, que contou com o apoio do rei D. Manuel, a fim de procurar uma espécie de cabra hispânica que se presumia extinta. Fotos de A. Rebello Valente, Biel, Joshua Benoliel, A. Mendes de Almeida, Roberto Mesquita, etc.

Na foto A. Mendes de Almeida, Pitões.

“(…) injusto seria não confessarmos que não faltaram tambem outros exemplos de adhesão e de auxilio, que muito nos apraz registar com o merecido elogio.

Entre os mais salientes d’estes, cumpre citar o do sr. ministro das obras publicas, que com tão boa vontade facilitou as concessões dependentes do seu ministerio para a realisação da caçada, no que cooperaram pela fórma mais espontanea e valiosa os dois funccionarios superiores que, pela situação dos seus cargos, tiveram directa interferencia no assumpto. Queremos referir-nos aos srs. conselheiro Alfredo Carlos Le Cocq, illustre director geral de agricultura, e Ferreira Borges, digno chefe da repartição dos serviços florestaes, que ambos englobamos no agradecimento que dirigimos ao sr. conselheiro Calvet de Magalhães.”

Illustração Portugueza, No. 133, September 7 1908 - 28

Carregar na imagem para ver em tamanho 867 x 1298.

“A Grande Excursão Venatória ao Gerês”, artigo sobre uma excursão científica, que contou com o apoio do rei D. Manuel, a fim de procurar uma espécie de cabra hispânica que se presumia extinta. Fotos de A. Rebello Valente, Biel, Joshua Benoliel, Roberto Mesquita, etc.

Na foto Biel, construções antigas.

“E a maneira que Sua Magestade E-Rei escolheu para manifestar o interesse que lhe merecera o nosso emprehendimento revelou ainda uma especial intenção de sympathis pela idéa e de gentileza para com os seus realisadores. Entre as suas proprias armas de caça, o augusto monarcha escolheu uma espingarda, que destinou a ser offerecida, como lembrança da grande partida cinegetica do Gerez, ao caçador que n’ella mais se distinguir. Não se limitou, pois, o senhor D. Manuel ao simples cumprimento de uma praxe mais ou menos estabelecida e usada, que consiste no costume do chefe de Estado acudir sempre, por qualquer meio ostensivo de cooperação, a incitar e proteger as iniciativas que, como a da excursão venatoria, pelo intuito scientifico que principalmente a inspira e pela collaboração dos naturalistas que a acompanham, devem ser consideradas uteis de qualquer fórma para o paiz.”

Illustração Portugueza, No. 133, September 7 1908 - 27

Carregar na imagem para ver em tamanho 891 x 1321.

“A Grande Excursão Venatória ao Gerês”, artigo sobre uma excursão científica a fim de procurar uma espécie de cabra hispânica que se presumia extinta. Fotos de A. Rebello Valente, Joshua Benoliel, Roberto Mesquita, etc.

“De hoje a oito dias, á hora em que a Illustração Portugueza principia a circular nas ruas de Lisboa, os caçadores seus convidados terão marchado approximadamente 20 kilometros – parte do percurso a cavallo – e achar-se-hão nas paragens mais agrestes do Gerez, a caminho do vasto acampamento das Abrotegas, batendo as vertentes do Rio Homem, á procura dos derradeiros representantes da mais rara e interessante especie da fauna portugueza: a cabra hispanica de Schimper, cuja extinção improvavel ou sobrevivencia revelada por depoimentos insuspeitos agora presumimos vae ser definitivamente averiguada.”